News > Notícias

Data: 28.04.2016 Fonte:

Compliance em empresas pode evitar fraudes e responsabilização criminal

O cerco contra a corrupção vem se fechando cada vez mais ao longo dos últimos anos. Uma das ações mais fortes foi a sanção da Lei 12.846, conhecida como Lei Anticorrupção, que responsabiliza empresas em casos de lesão à administração pública por conta de fraudes e corrupção. Graças a esta lei, estamos vendo grandes corporações do país tendo que lidar com a Justiça Federal, fazendo acordos para minimizar os danos não só financeiros como de sua reputação e imagem da marca.

Por parte das empresas, então, há a exigência de um controle corporativo rigoroso sobre os processos internos, o que chamamos de "compliance", ou em Português, conformidade e cumprimento de exigências legais e políticas de conduta.

Para Leandro Longhi, diretor da Squadra, a preocupação com "compliance" aumentou muito com a promulgação da Lei Anticorrupção: "já havia um movimento das empresas privadas na mitigação de falhas que podem expô-las principalmente às fraudes. A preocupação, no entanto, aumentou com a lei".

Leandro explica que é necessário não só adotar mecanismos de controle, mas também fortalecer práticas já adotadas. "Ao investir em ações de controle e mitigação de riscos, as empresas consolidam condutas éticas e transparentes e isso reduz perdas decorrentes de fraudes. É, portanto, um bom negócio."

Copyright © 2011 - Squadra Consultoria

squadra@squadraconsultoria.com.br

Tel: +55 (51) 3026.3184