News > Notícias

Data: 15.02.2017 Fonte: Squadra

Planeta Atlântida teve uma das maiores estruturas de segurança em seus 22 anos

Maior festival de música da região Sul do país, o Planeta Atlântida chegou à sua 22ª edição em 2017 com uma das maiores estruturas de segurança desde a sua estreia. A segurança do público sempre foi uma das prioridades da organização do megaevento, que atrai milhares de jovens todos os anos à praia de Atlântida, litoral do Rio Grande do Sul. Tendo à frente a Squadra, responsável por toda gestão de risco, essa edição contou com uma série de inovações, como o uso de um drone para monitoramento das áreas do evento e entorno.

Outra novidade foi o avanço da área de controle, com a implantação de um espaço de pré-triagem para o público: a Avenida Interbalneários, principal via de acesso ao local, foi bloqueada em um perímetro de 200 metros — a operação teve o acompanhamento da Brigada Militar e fiscais de trânsito do município. A partir desse ponto, só foram liberadas as passagens de pessoas que portavam a pulseira do evento.

Também foi implantada uma central integrada de monitoramento de câmeras que atuou, pela primeira vez, junto à Delegacia de Polícia, com a presença de agentes da Brigada Militar e Polícia Civil. Além disso, o megaevento contou com um contingente de 325 seguranças privados, 80 coordenadores, 45 bombeiros civis, 12 torres de observação, 15 auditores de sistema, 120 rádios e 45 câmeras de vigilância.

“Todos estes recursos agregados a um grande trabalho de planejamento e integração com os órgãos públicos estão voltados para o nosso objetivo principal, que é o de proteger os planetários”, comemora Leandro Longhi, Diretor da Squadra.

Copyright © 2011 - Squadra Consultoria

squadra@squadraconsultoria.com.br

Tel: +55 (51) 3026.3184