News > Notícias

Data: 10.08.2016 Fonte: Squadra Consultoria

Ação da Polícia Federal durante Olimpíadas mostra que país está preparado para enfrentar o terrorismo


No período anterior às Olimpíadas, a Polícia Federal (PF) deflagrou a operação antiterror "Hashtag" e prendeu 10 pessoas supostamente ligadas ao Estado Islâmico . Segundo o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, as investigações teriam envolvido inclusive a interceptação de conversas em aplicativos como Telegram e WhatsApp - apesar de o WhatsApp ter sido bloqueado por não ter condições de auxiliar as autoridades na investigação de crimes.

A ação da Policia Federal, se valendo dos artigos presentes na lei anticorrupção, e que teve a captação de comunicação entre os supostos terroristas via aplicativos como WhatsApp e Telegram, reúne a argumentação e provas necessárias para, através do decreto judicial, tomar as medidas assecuratórias para garantir que este grupo não promova nenhum outro tipo de ação de caráter semelhante.

“Por mais que muitos conhecedores (ou não tão conhecedores) tivessem especulado exageros ou, até mesmo, o uso da ação como medida de preservação da imagem de um Brasil que combate o terror para o exterior, a detenção dos suspeitos, mesmo que com pequenos indícios, é indicada e preventiva levando-se em conta o potencial de risco”, explica Leandro Longhi, diretor da Squadra.

Considerando as estratégias adotadas pelo Estado Islâmico de captação de seus lobos solitários, a preocupação é importante, já que que mesmo com técnicas básicas e amadoras, eles podem sim, causar grande danos. Ainda durante os preparativos das Olimpíadas em 2015, o diretor da Abin (Agência Brasileira de Inteligência) Luiz Alberto Sallaberry já via este tipo de ação como a mais provável durante os jogos (leia entrevista aqui).

Como sabemos, um ato terrorista nas Olimpíadas no Brasil não poderia ser descartado, considerando a sua dimensão e fragilidades nas fronteiras de nosso país e exigiu muita atenção dos órgãos de defesa brasileiros, que responderam à altura.

__

Foto: Cerca de 85 mil agentes, policiais e militares foram mobilizados para fazer a segurança do Rio durante os jogos olímpicos (Tomaz Silva/Agência Brasil)

Copyright © 2011 - Squadra Consultoria

squadra@squadraconsultoria.com.br

Tel: +55 (51) 3026.3184